Asfalto frio ou quente? Conheça as diferenças e saiba qual a melhor opção

Asfalto frio ou quente

Compartilhe nas redes!

Para tratar de asfalto frio ou quente, primeiramente é importante entender a base a partir da matéria prima. Sendo assim, a principal matéria prima desse material são os derivados de petróleo para ambos os tipos. O que irá diferenciar esses produtos são os aditivos usados durante o processo de preparo. 

Para explicar ainda melhor, a PavSinal preparou um conteúdo especial com as especificações de cada um deles. Ao entender as suas principais diferenças, será possível descobrir qual a melhor opção para a sua obra. Para saber mais, continue a sua leitura!

O que é o asfalto quente?

Na fabricação desse material, o asfalto quente ou CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) utiliza o CAP(Cimento Asfáltico de petróleo) para a sua principal matéria prima. Em temperatura ambiente, esse é um material ligante semissólido que para unir a composição com os demais minerais agregados, necessita de aquecimento.

Após a realização da mistura ser feita e aquecida, o material passa para a parte de aplicação na obra onde será usado. No entanto, vale destacar que deve ser aplicado assim que for preparado, pois esse material não permite estocagem. Além disso, o tráfego da via é liberado imediatamente.

E o asfalto frio?

Primeiramente, esse é o nome dado ao Concreto Asfáltico Usinado a Quente (CAUQ) com aplicação a frio. Nele temos um processo de cura (endurecimento) mais lento que o asfalto quente. Isso ocorre devido ao uso de aditivo junto ao CAP que influencia diretamente no tempo de cura.

No entanto, é graças a esse tempo de cura lento que esse tipo de asfalto pode ser estocado e comercializado para aplicação a frio (em temperatura ambiente) em diversas obras. Esse tipo de serviço pode ser feito em diversas situações climáticas e a usabilidade será a mesma garantida pelo seu fabricante ou fornecedor. O seu estoque pode ser feito por até 1 ano.

O asfalto de aplicação a frio possui um preparo similar ao asfalto quente, pois é fabricado em usinas específicas de asfalto. Por isso, ainda há muitas dúvidas na escolha do asfalto frio ou quente.

Asfalto frio ou quente: qual a diferença e melhor opção?

Principalmente a diferença entre o asfalto quente e o frio e o uso de um componente na mistura. A mistura do asfalto quente leva uma porcentagem de um material obtido no resultado da destilação de petróleo do CAP.

No asfalto frio temos o acréscimo de um aditivo mais específico cujo objetivo é retardar ou estender o tempo de cura do asfalto. Por isso, enquanto um deve ser usado imediatamente, o outro permite estocagem. 

Qual a melhor opção para a obra?

Ainda há dúvidas entre o asfalto frio ou quente? A melhor opção para as vias com pouca circulação é o asfalto do tipo frio. Já para vias onde o número de circulação de veículos é grande e os mesmos são pesados, indicamos o tipo quente. 

Para mais informações sobre o asfalto frio, acompanhe o blog ou entre em contato com a PavSinal!

5/5 - (36 votes)
Publicados: 24 de fevereiro de 2023

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado
Quando falamos de sistemas de transportes de qualidade, adentramos em…

Calculadora

Use nossa calculadora para saber a quantidade que irá precisar: