Asfalto frio para pavimentação: saiba isso antes de usar

asfalto frio para pavimentação

Compartilhe nas redes!

O asfalto frio primeiro se popularizou no continente europeu e nos Estados Unidos, e depois se espalhou pelo resto do mundo.

Sendo o uso do asfalto frio muito útil para as finalidades em que o asfalto quente pode ser substituído, como o conserto de vias com tráfego de veículos, por exemplo.

Então, qual seria a diferença entre o asfalto frio e o asfalto quente? Como o asfalto frio é aplicado? Existe alguma situação em que ele não deve ser usado? 

Confira as respostas para estas perguntas ao longo do post. Bom proveito.

Asfalto frio x Asfalto quente: principais diferenças

Em alguns casos, a função do asfalto frio pode ser a mesma do asfalto quente, quando se trata de consertar vias.

No entanto, nestes casos o asfalto frio é mais viável, tendo em vista que ele permite que haja um tráfego veicular mais tranquilo. 

Sendo o diferencial do asfalto frio os seus componentes, que além do petróleo e da brita, também se adiciona um aditivo, espécie de composto químico, que pode retardar o processo de endurecimento por 1 ano.

Assim, o asfalto frio não necessita ser aplicado na mesma hora em que é feito, como no caso do asfalto quente. 

E ao contrário do asfalto quente, o asfalto frio pode ser ensacado e utilizado apenas quando for preciso.

Como o asfalto frio é aplicado?

A aplicação do asfalto frio é rápida, fácil e não precisa de nenhum preparo. A não ser a limpeza do local antes de espalhar o produto.

Além disso, outro ponto a ser destacado no uso do asfalto frio é a sua fácil compactação, podendo ser feita com a ajuda de um caminho passando por cima de toda a área com o asfalto frio.

Quando o asfalto frio não pode ser usado?

Embora o asfalto frio tenha os benefícios de não precisar ser utilizado imediatamente, ser facilmente aplicado e ainda ser usado em pequenas escalas, ele também possui as suas limitações.

Como por exemplo: o asfalto frio jamais pode ser aplicado em construção de novos pavimentos.

Antes, o asfalto frio é recomendado apenas para tapar buracos e problemas semelhantes.

Portanto, para uma pavimentação completa, o asfalto frio não é nada eficaz, visto que ele se desgasta mais facilmente se comparado ao asfalto comum. 

Sendo necessário utilizar o asfalto quente para a construção de uma nova pavimentação, em razão de sua maior vida útil e melhor nível de compactação.

Conclusão

Finalmente, nesse post sobre asfalto frio você pôde conferir pontos muito importantes sobre o seu uso.

Agora, com essas informações valiosas para te auxiliar na escolha do melhor tipo de asfalto para a sua necessidade, fica mais fácil concluir a obra sem nenhum transtorno.

Portanto, para se manter sempre atualizado sobre esses assuntos e outros do seu interesse, visite sempre o nosso blog.

Lá você terá acesso a diversos conteúdos gratuitos, de qualidade, e de grande relevância para o seu negócio.Temos certeza que você vai gostar. Desde já, a PavSinal agradece pela preferência.

5/5 - (22 votes)
Publicados: 27 de janeiro de 2023

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado
O asfalto frio é mais um produto tecnológico que vem…

Calculadora

Use nossa calculadora para saber a quantidade que irá precisar: