Entenda a diferença entre o asfalto frio e o asfalto quente

diferença entre o asfalto frio e o asfalto quente

Compartilhe nas redes!

Com certeza você já ouviu falar em asfalto frio e quente ou leu algo do tipo aqui na PavSinal. Caso esses termos sejam novos ou apenas algum deles, explicaremos ao decorrer do conteúdo. De antemão, vale destacar que são produtos diferentes, mas com a mesma proposta. 

Para distinguir o asfalto frio e o asfalto quente, separamos um conteúdo especial. Entenda para qual situação cada um deles é adequado com o breve conteúdo a seguir.

Diferença entre asfalto frio e asfalto quente

Quando falamos das principais diferenças entre esses produtos, vale destacar que a temperatura não é a única. As suas misturas em sua composição levam agregados minerais sendo o filler, britas, pó-de-pedras e o ligante asfalto. 

No entanto, uma das principais diferenças está no tipo de ligante utilizado na composição de cada um desses tipos de asfaltos. Mas antes de falar sobre isso, vamos abrir uma breve introdução sobre a etapa de produção. 

Produção e ligantes do asfalto quente 

Ambos os tipos de asfaltos são produzidos em usinas de concreto, muitas das vezes específicas somente para asfaltos. Para a produção do concreto betuminoso temos o famoso ligante da composição de cimento com petróleo, ou seja, o CAP.

Daí que vem o nome asfalto quente, pois para que ele venha a se unir e formar o asfalto com os agregados, ele necessita de um aquecimento alto. Seus principais agregados são: 

  • Pó-de-pedra
  • Britas

Esses agregados fornecem ao asfalto a estabilidade, rigidez e toda a resistência mecânica. 

Produção e ligantes do asfalto frio

Agora falemos um pouco sobre o processo de fabricação onde se diferencia o concreto frio do quente. Diante disso, vale destacar que o concreto betuminoso usinado a frio, o seu ligante passa por um processo de emulsionamento na água.

Dessa forma, é correto dizer que o asfalto frio, diferente do quente, tem uma emulsão asfáltica catiônica que facilita a etapa de mistura e aderência entre os agregados que são o pó-de-pedra e a brita. 

A mistura do asfalto a frio, temos alguns benefícios como a durabilidade do composto asfáltico, maior flexibilidade, maior impermeabilidade e muito mais. No entanto, o que define a escolha dos tipos de asfalto, são as características da obra de pavimentação.

Principal característica do asfalto frio

Uma das principais características do asfalto frio é que ele é comercializado em sacos e pode ser armazenado por até 12 meses após a data de fabricação. Além disso, pode ser aplicado e logo o trânsito é liberado sem que seja necessário impedir a circulação por muito tempo. 

Onde utilizar o asfalto frio e o asfalto quente?

O asfalto frio é um produto que possui indicações para aplicações em lugares e vias com baixa intensidade de circulação.Além disso, deve se prezar por camadas intermediárias da estrutura do pavimento.

Já o asfalto quente é mais utilizado para pavimentação de pistas, vias, estacionamentos e demais obras de grande porte. 

E aí, conseguiu entender a diferença? Enquanto o asfalto quente é usinado e aplicado a quente, o asfalto frio é usinado a quente e aplicado a frio!

5/5 - (1 vote)
Publicados: 14 de abril de 2023

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado
Quem nunca fez uma viagem e acabou reparando a quantidade…

Calculadora

Use nossa calculadora para saber a quantidade que irá precisar: